Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

Cintilando...

A vida te chamou de canto, e te falou a resposta daquela pergunta que você sempre se fez. E era tão simples. Tão simples que você ignorou. O óbvio é muito claro depois que você o enxerga. Era a peça chave, a que faltava, aquela que explicaria tudo e mais um pouco. E assim, do nada, o sol abriu e clareou o dia que estava cinza. 
E o colorido voltou a ser normal, e o sorriso voltou como estampa da moda, e o coração que bate no ritmo da música que embala a mente que cintila por aí. E por quem torceu, agradeça. E por quem torceu contra, reze. E o agito virou um mar calmo, o vento virou brisa e aperto no peito virou passarinho e voou. 
E nesse ano em que tudo aconteceu de forma atípica, você finalmente conseguiu perceber que tudo lá fora não passa de um filme criado por você mesmo.
E o meu filme tem comédia, um pouquinho de drama, um poucão de romance, bastante ação, algumas cenas de suspense que dão frio na barriga, e é, com certeza, o melhor filme que já vi. 




Borbulhando...

Na vida aprendi a contar somente comigo mesma. A não esperar atitudes de pessoas despreparadas. A não acreditar em sorrisos de crocodilos. A chamar de amigo somente aqueles que aguentam a minha felicidade sem me odiar por isso. A encontrar nas coisas simples um significado enorme para a minha existência. Aprendi a ser mais do que os outros esperam de mim, a surpreender sem precisar ofender, a agir sem precisar me igualar.  Não quero ser dona do mundo e nem da razão, quero apenas viver do jeito que eu escolhi sem me preocupar se estou sendo julgada ou não. Porque no fim, o único julgamento que importa é o meu mesmo. Não quero ser mais, nem melhor do que ninguém, só quero o que é meu por direito e justiça. Não quero dar sem receber, mas também não quero ter que cobrar para receber. Cada um que assuma suas dívidas, promessas e, principalmente, seus problemas.  Minha vida é especial, porque eu fiz dela especial. Não me imite, não me inveje, tenho tantos, ou mais, problemas que você, só q…

Livrando-me

Livre-se...


Livre-se de mim.  Livre-se dos nós. Livre-se de nós. Livre-se da culpa. Livre-se dos pecados. Livre-se do corpo.
Seja alma! Seja paz! Seja calma! Seja leve! Seja eterno!
Uma quinta com gosto de segunda, mas com a vantagem de no dia seguinte ser sexta. E no domingo, aumento de idade. Finalmente.
Agora paro de contar mesmo.