Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

Aqui tem...

Aqui, desse lado, a vida é festa, o riso é frouxo e a dor é só de tanto gargalhar.  Aqui, desse lado, o céu é azul, o mar é calmo, a brisa sopra e o sol abraça. Aqui, desse lado, não tem jogo, não tem manha, não tem choro, nem vela. Aqui, desse lado, a vida celebra, o dia chama e o tempo corre bem devagarinho. Aqui, desse lado, eu tenho paz, eu tenho carinho e tenho amigos para sempre. Aqui, desse lado, a vida é, sem sombra de dúvidas, a melhor que poderia ser. E no meu caminho, viver em paz é fundamental. Todo o resto não me interessa.
Vem pra cá.  Eu deixo quem é do bem entrar.




Nada ficou no lugar...

É como se o caminhão da mudança chegasse com tudo revirado, misturado. Como se todo o trabalho de catalogar as caixas na hora de embalar, não tivesse validade alguma mais. Você iria mesmo se mudar, as coisas teriam novos lugares, mas estava tudo ali, juntinho, fácil de achar. E agora tem roupa misturada com talher, copo misturado com produto de limpeza e comida misturada com os livros. É, você começa a olhar aquilo tudo e pensa, vai dar um trabalho do cão. É muito mais fácil sentar no cordão da calçada e chorar implorando para morrer imediatamente e sem dor. Mas não, não pra você. Você não é do tipo que desiste, ainda mais quando tem ideia fixa, alguns chamariam de teimosia, outros de burrice mesmo. Você resolve respirar fundo ao invés de surtar e começa a colocar tudo no seu devido lugar. Sabe que vai dar trabalho, sabe que vai perder a paciência e querer desistir no meio do caminho milhares de vezes, chegará a ameaçar, exteriorizando com veemência. Todos pensarão que você vai desis…

Dia cinco...

Daí já era. Todo mundo merece um pouco de felicidade para quebrar o gelo dessa vida sem graça. Não precisa ser aos montes, pode ser em doses homeopáticas, para que daqui para frente, os dias possam ser todos um pouquinho mais alegres. Todo mundo merece ser feliz. Eu inclusa. Também existo e faço parte do  mundo. 
E felicidade é simples, tem mais a ver com ser do que ter. É poder ser... Ser exatamente quem você é e ser amada por isso. Acredito que isso traduza perfeitamente a felicidade para mim. Poder ser eu mesma e saber que, mesmo com todos os defeitos, ainda tenho uma penca de gente que diz que me ama do jeito que sou. 
Poderiamos melhorar? Claro, todos nós podemos, mas não basta querer, tem que se esforçar, e o esforço não pode partir de ninguém mais além de você mesmo! 
A vida tende a me mostrar os caminhos que peguei errado, mas não quero saber deles agora. Agora quero viver, eu tenho sede de vida, eu tenho sede de bons sentimentos, tenho sede de voltar a sorrir como antes. Eu …

Um lugar para REcomeçar!

As vezes a gente precisa se afastar para conseguir pensar melhor. Fico me perguntando se as coisas um dia se encaixarão na minha cabeça e na minha vida? Se um dia eu terei as respostas para todas as perguntas e por que's que faço, ou se elas ficarão para sempre sem respostas jogadas em algum canto escuro e frio.  Ando cansada de puxar e querendo ser acompanhada, sem chantagens, sem ameaças, mas principalmente, sem receios e medos. Estou fora disso, totalmente fora! Como diria meu professor de marketing integrado, uma grande marca, quando perde a preferência e, consequentemente o mercado, se esquece da grande marca que sempre foi, e essa é maior falha que se pode cometer. Na minha vida, eu diria que se aplica totalmente, mas, com a diferença de que levei um tempo para descobrir o tamanho que sou e de como marco a vida dos outros para sempre.  Inevitável não pensar no passado para planejar o futuro, mas indispensável deixar o passado no seu lugar e acreditar que daqui para a frente…