Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

Surpreenda-se!

O que dizer da vida? Ela pode ser surpreendente quando você se abre para ela. E eu, que estou toda arregaçada pra ela, só venho me surpreendendo. Um pouco de patins de manhã, algumas conversas e risadas interessantes no parque, novos amigos, amigos antigos sendo oficialmente apresentados, mais conversas interessantes, mais novidades surpreendentes. Estou aberta para o universo e o universo todo está se abrindo para mim. Como disse uma amiga minha, não precisa nem se esforçar, as coisas acontecem naturalmente, e é bem assim que as coisas simplesmente acontecem. E mais uma vez relembrando uma conversa antiga, numa esquina dessas, a gente vira e tudo muda! Estou feliz, estou cheia de passarinhos por dentro e quero mais é continuar assim. Que a vida siga me surpreendendo, que eu siga me apaixonando por tudo que é novo e que o resultado disso seja apenas.... nada mais, nada menos... que muita felicidade!

Vibrando...

Estou pulsando por dentro, querendo sair, querendo ser tudo que eu posso ser. Dentro de mim existe alguém que se escondeu por muito tempo, e não devemos nunca esconder quem somos, só fica mais difícil depois para nos mostrarmos de verdade. Acordei com toda a energia possível, com a ideia de que sou mais completa do que nunca e com o desejo de pertencer cada vez mais a mim mesma. É uma decisão, e quando boto uma ideia na cabeça, não há quem consiga tirá-la. Eu quero muito ir atrás daquilo que me faz vibrar, que me faz crescer, que me faz abrir aquele sorriso no rosto. Dizem que a gente erra na primeira, mas que a segunda escolha é sempre mais sábia, e que com as quedas, ficamos mais calejados, sentimos menos, choramos quase nada e por dentro ficamos igual a uma fortaleza. Meu 2013 já começou bombando. Entre a Pós que me inscrevi, os novos amigos que conheci, o parar de fumar, não sei exatamente o que é que me deixa mais empolgada. Sim, o patins, mas esse deixei de lado nos últimos dia…
Torne-se um amante.

Não de uma pessoa em particular, mas um amante em geral.

Deixe o amor se tornar sua qualidade, não apenas um relacionamento com uma pessoa, pois sempre que o amor se torna um relacionamento ele inclui um ser e exclui todo o Universo.

Essa troca - incluir alguém e excluir o Universo - é bastante perigosa, visto que todo o Universo pertence a você e você a ele.

O Universo inteiro jorra amor em você, e não responder a isso é um gesto de ingratidão.

Portanto, ame o sol, a lua, as estrelas, as árvores, os rios, as montanhas, as pessoas, os animais...

Simplesmente seja um amante e deixe que o Todo seja seu amado!

É exatamente isso que faz uma pessoa ser religiosa.

Quando seu amor se espalhar por todo o espaço,

quando não conhece fronteiras,

quando nada o confina,

quando ele é ilimitado,

quando não se concentra mais em nenhum objeto,

mas é apenas um estado de Ser,

aí o amor é uma ORAÇÃO,

aí o amor é MEDITAÇÃO,

aí o amor é LIBERTAÇÃO.

Osho

Um pouco de Leoni para me balançar!

Recebi de um amigo o seguinte vídeo com uma música do Leoni, a primeira coisa que digo é que eu casava com o Leoni fácil, se ele prometesse cantar para mim, eu prometia fazer ele feliz. A segunda, é que amigo é amigo para sempre, mesmo quando eles acham que isso possa mudar um dia. Eu quero o novo e o novo me quer muito também, em breve estaremos numa união estável, de plena felicidade, eu e o novo, é claro. O amigo, a gente se faz de desentendida. Se ele ao menos soubesse tocar violão e cantar ao pé do ouvido, o que eu já sei que não sabe, até repensaria daqui algum tempo. Enquanto isso, vivo, respiro e me deixo levar pelas águas desse mar, as vezes calmo, as vezes turbulento, mas ainda assim, o mar que amo navegar!

Dolce far niente.

Barulho do mar, das ondas, respirando fundo, vento batendo na cara, um livro na mão, uma sombra agradável e um sol para iluminar. Não preciso de muito não. Eu gosto mesmo é de silenciar os barulhos que não são importantes e ouvir o que estou sentindo, que é o que realmente importa. É o meu jeito de meditar, é o jeito que encontrei para me ouvir, para me ver e para me saber. Me descobri uma companhia muito boa, e ela gosta das mesmas coisas que eu, quer coisa melhor do que isso? Tenho paz, tenho tranquilidade, tenho muito amor vindo dos lugares mais inusitados. Pedi muito isso em 2012, e em 2013 serão meus companheiros. Eu não quero mais ouvir ninguém, não quero mais palpite dos outros, não quero mais gente fazendo intriga com a minha vida, eu só quero ter ao meu redor quem realmente se importa, de verdade, quem palpita porque sempre esteve ao meu lado, esses eu ouço com muita atenção, esses eu quero que permaneçam ao meu lado. É de gente que gosta da gente que temos que ficar perto, …