Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Parei!

Parei com as mentiras que contava para mim mesma.
Parei de justificar os erros dos outros.
Parei de me incomodar com muita gente.
Parei de ver algumas pessoas.
Parei de falar com outras tantas.
Parei de perdoar erros repetidos.
Parei de brigar.
Parei de bater o pé.
Parei de não olhar para os lados.
Parei de guardar sentimentos.
Parei de me estressar com coisas idiotas.
Parei de me importar com gente idiota.
Parei de discutir com os mesmos idiotas.
Parei de querer consertar o mundo.
Parei de desculpar a estupidez das pessoas.
Parei de escutar os outros.
Parei de sentir saudades da maioria.
Parei de me sacrificar quando eu faço algo errado.
Parei de me cobrar perfeição o tempo inteiro.
Parei de me importar se os outros estão me enganando.
Parei de contar segredos. Quem come quieto, come 2 vezes.
Parei de ser a mulherzinha perfeita, para ser a filha da puta desgraçada fria e sem sentimentos.

Agora aguenta coração... Aquela outra de cinco anos atrás ressurgiu das cinzas, como a Fenix, e …

Que seja doce...

"E, mesmo assim, estarei sempre pronta para esquecer aqueles que me levaram a um abismo. E mais uma vez amarei. E mais uma vez direi que nunca amei tanto em toda a minha vida." (Fernanda Young)
O primeiro post de 2011, demorou, mas saiu... Tem me faltado tempo e lucidez pra vir aqui escrever, e na maior parte do tempo, quando tenho alguma inspiração, geralmente estou longe do notebook ou de qualquer papel e caneta. Estava organizando a casa, limpando a sujeira, jogando velhas lembranças e velhos amores no lixo, trazendo a tona aprendizados esquecidos, e reorganizando os pensamentos.  2010 terminou feito um tsunami, que vem e leva tudo e te obriga a recomeçar do zero, TUDO DE NOVO. Que bom, porque pelo que me conheço, só mudo assim, assado não tem jeito.  Adoro anos ímpares, não sei bem dizer o porquê, mas todo o ano ímpar é bom, e todo ano par é difícil, nem digo ruim, porque não acredito que nada seja ruim na vida, ruim é o nosso ponto de vista, que não consegue enxergar que na…