Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2009

Senta aí e lê!!!!

Eu gosto de cada centímetro do nosso amor intenso. Gosto até das tuas manias, algumas um tanto quanto insuportáveis. Gosto da maneira como tu fala pelos cotovelos quando a gente se encontra, parecendo ter medo de não dar tempo de contar tudo. Gosto de como tu me olha quando tu está falando e eu, distraída, comento sobre algo que está passando na TV, é um olhar do tipo: POXA, NÃO ESTÁ PERCEBENDO QUE EU ESTOU COMPARTILHANDO CONTIGO ESSE ASSUNTO? E quando eu te interrompo? Daí o olhar vira palavras.
Gosto do jeito que tu diz que me ama, inclusive quando não diz. Gosto do teu bom humor matinal forçado, só para manter o meu bom humor natural. Gosto de sentar no sofá, ver TV e discutir horas sobre um determinado assunto, e depois de horas passadas a gente se olhar e se perguntar porque estamos discutindo sobre esse assunto? Gosto da maneira como tu te justifica, SEMPRE que fala do passado. Gosto do teu abraço, do teu cheiro, do teu beijo, dos teus olhos e principalmente DO TEU OLHAR, que fala…

O mundo real...

The Cranberries - Dreams

Um belo dia eu acordei e percebi que o mundo era menos rosa do que eu havia imaginado. No início achei cruel, simplesmente assim, sem mais nem menos, eu era Lili no País das Maravilhas, e acordei no mundo real...
No mundo real, a maioria (sempre há exceções) das coisas não saem como a gente planeja. No mundo real, todo mundo está mais preocupado com os seus problemas, e aquela estória de conta sempre comigo, é a maior balela já inventada. No mundo real, todo mundo tem afazeres, e esses afazeres tomam todo o tempo do dia, e quase nunca sobra tempo pra ligar pra quem a gente sente saudades, ao menos pra dizer isso pra pessoa. No mundo real, todo mundo é egoísta, eu também sou e você também é, isso não é um defeito, e sim uma necessidade, ou melhor, uma conseqüência da falta de tempo para repararmos no que os outros esperam da gente, porque a única coisa que eu tenho certeza, é que no mundo real, “os outros” ESPERAM que eu saiba exatamente o que eles realmente espe…