Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2008

Dr, eu sou louca?

Não, ele me diz, com cara de peixe morto e fazendo careta de quem não aguenta mais me ouvir...

Mas Dr. eu tenho certeza que devo ter algum probleminha psicológico... EU não sou normal....

E ele, mais uma vez me olha e diz: e quem é?!

O mundo todo é normal... Se eu tb fosse eu me sentiria em casa, mas não, eu me sinto perdida... Ninguém faz coisas terríveis que nem eu... Ninguém apronta o que eu apronto... E pior, ninguém faz tudo isso, e ainda conta para os outros rindo....

E outra Dr. eu tenho uma alteração repentina de humor, daquelas bombásticas, que ninguém está esperando, e quando eu vejo eu vomito tudo o que eu penso das pessoas, na cara delas...

E ele me olha e diz: Sinceridade é legal...

Legal o caralho, não quero ser legal... Quero ser malvada... Bem malvada... Continuar fazendo coisas terríveis e contar pros outros rindo... Mas sempre que eu faço isso, eu me ralo... É como se a vida viesse e me podasse as asas... E daí eu passo do riso solto, para o riso desesperado....

E ele: aham…

Dr, eu sou uma garota malvada!!!

Faço milhares de coisas horríveis durante o dia, e durante a noite costuma piorar...

Quando acordo e penso: hoje vou ser uma menina boazinha, acontece alguma coisa que me tira do foco, e daí quando eu percebo já estou fazendo maldades novamente...

Eu reclamo que só me fodo, mas na verdade eu procuro sarna pra me coçar... Ao invés de deixar as pessoas quietas, eu fico lá, incomodando, cutucando, só para ver até onde a pessoa aguenta, até onde ela corresponde as minhas cutucadas....

Acho que ninguém vai entender o sentido real desse post, de repente a Jaque (Coruja Mãe), que é minha companheira de assuntos aleatórios e de crises aleatórias (e de acessórios aleatórios tb hahaha), de repente ela consiga entender o sentido do post de hoje...

Eu sou cruel, essa é a grande verdade... Faço coisas horríveis... Vocês não imaginam o quanto... E para piorar tudo, me orgulho disso... GRRRRRRRRR (to aqui morrendo de rir enquanto escrevo isso...)... Bom, pelo menos se eu não for pro céu, tenho certeza q…

Esperando...

Cheguei a uma conclusão (se é que tenho capacidade para chegar a algum lugar depois de ontem)... A noite está cheia de gente bizarra, mal amada e desesperada... Nesse quesito, as mulheres são maioria... Gente, nada como ir para noite completamente sóbria e ficar reparando nos tipos que se encontram por lá... Nunca tinha reparado o quanto aquilo é vazio... Vazio de sentimentos, vazio de verdades e vazio de gente interessante... E no final das contas todo mundo saí pra ver se encontra alguém interessante, ou pelo menos alguém que substitua aquele que está com a gente, mas que é um mala...

É deprimente olhar por esse lado... Eu sei... Porém, é inevitável... Na festa de ontem, haviam homens e mulheres de tudo que é idade... Dos mais novos aos mais velhos... E daí pensei o quanto deve ser triste chegar aos 40, por exemplo, e ter que ir para noite para encontrar alguma companhia desagradável, só para deixar de se sentir tão só... E então, antes que a noite virasse uma droga de verdade, pego …

Inimigo imaginário!!!!

(Antes de começar a ler, liga a música do final do post, só pra dar trilha sonora a este momento de confissões)

Afinal de contas, o que está acontecendo?

Por que na minha vida as coisas são tão transitórias e, para piorar, todas as transições acontecem ao mesmo tempo? Será que posso ter um tempo para me adaptar?

Acho que estou na TPM... Quando começo a ficar muito chata, sensível, depressiva e com vontade de chorar a cada 3 palavras ditas e outras tantas engolidas, é pq preciso me isolar do mundo...

Quando eu crescer, vou criar um espaço na minha casa, destinado a minha TPM... Vai ter uma fonte de água para fazer barulhinho e um som de natureza e passarinhos, e uma voz daquelas marcantes e profundas falando sobre como fazer um relaxamento... E vou me prender lá, durante todos os dias que eu ficar chata... E vou chorar, e ninguém vai escutar (sim, essa parte da casa terá isolamento acústico), se bem que começo a achar que ninguém irá perceber também, e vou gritar milhões de vezes - por q…

Sobre mim...

Buenas, como havia prometido, vou falar de mim, para os que não me conhecem ainda...

Meu nome é Eliane, mas prefiro Lili, porque sempre foi assim que todos me chamaram... (Lili, com a última sílaba sendo a tônica... como se tivesse acento...)... Tenho 24, quase 25, nasci no dia 5 de maio, as 18h, minha mãe disse que eu chorei sem parar durante uma hora, e que eu não gostei muito de nascer...

Minha infância foi normal, como todo mundo... Brinquei horrores, briguei bastante, apanhei do meu pai, e a minha mãe só me batia com o lado fofo da pantufa... Fala sério, é um amor de mãe né?! Sou a filha do meio, com todos os complexos que só quem é filho do meio tem... Tenho uma irmã mais velha, e um irmão mais novo... E somos os 3 bem diferentes...

Nunca gostei de estudar, embora eu soubesse o quanto era necessário e importante para o meu futuro... Sempre tirei notas + ou -, peguei a primeira recuperação na 5ª série, e até hoje não consegui mais parar de pegar exame no final dos semestres hah…

E lá fora o sol continua brilhando...

E aqui dentro é tudo tão vazio, tão silencioso e tão frio!!!!
Bom se pudessemos simplesmente passar os dias ruins mais rápidos... Tipo o filme Click...
Não, não estou triste... Estou quieta, introspectiva... Estou querendo ficar sozinha....
Estou querendo competir... Competir com toda essa gente lerda que atrapalha a minha vida... Com toda essa gente errada, que faz tudo errado... Que mente, que finge, que odeia , que quer passar por cima das outras pessoas, os fofoqueiros, os falsos e principalmente OS DEITADOS...
Essa semana decidi que vou competir com todos eles.. Quanto mais eles me irritarem, mais eu me esforçarei pra fazer o melhor... Quanto mais eles mentirem, mais eu direi a verdade...
Nunca lutei com as mesmas armas que os meus oponentes... E sempre venci eles mesmo assim... Acho que pagar com a mesma moeda é coisa de gente que não sabe dar um bom tapa de luva para calar a boca dos outros...
Confesso que novamente estou falando de forma indireta, mas se eu fosse me dirigir a…

Tava demorando!!!!

Um dia da caça, outro do caçador... Já dizia o ditado...

3 dias bem, 5 mal... E assim vai indo...

Hoje estou cansada, e insone... Como pode?

Acho que todo mundo que me rodeia tem coisas mais interessantes pra fazer, e ninguém tem insônia, e ninguém perde tempo pensando em besteiras... VIVO RODEADA DE GENTE PERFEITA!!!! Odeio muito tudo isso....

Complicado explicar exatamente o que passa nesse cabeção... Nem eu entendo... Quando acho que estou compreendendo, tudo muda, e começo a sentir tudo ao contrário... MANICÔMIO PRA MIM... Tô sabendo que tem um quartinho reservado no São Pedro pra mim... Área VIP, chique no último!

As vezes me pergunto se mudar de cidade vai afastar essas coisas ruins que me perseguem?

Será que adianta mudar de cidade pra fugir do passado?

Já disse anteriormente, não gosto de instabilidade, estou me concentrando para não fazer besteira... Penso bastante, falo quase nada... Só saio de casa pra trabalhar e dar um pulo na puc, pra não dizerem que abandonei a faculdade no úl…

Dr. Imaginário

Mais uma vez cá estou eu, deitada no divã, tentando descobrir qual é o mal que me aflige....
Será que o Sr. (psiquiatra imaginário!!!) poderia pelo menos me dar uma pista de como sair dessa situação?
Por que sempre que não consigo o que quero me torno uma pessoa tão obstinada? Teimosa é apelido para o que sou...
Pô Dr, me dá uma luz... Não fica aí só me olhando com essa cara de peixe morto!!

E daí se eu tenho um psiquiatra imaginário? Tem um monte de criança que tem amigos imaginários e todo mundo acha lindo e normal... EU não gosto de psiquiatras de verdade, então tenho um imaginário, ele só me diz o que eu quero ouvir (se bem que os de verdade não costumam dizer nada mesmo.. hahahahahaha)....

Mas então tchê, me explica uma coisa...
Com tantas opções, tenho que ficar ligada justo naquela que não existe possibilidade alguma de acontecer? Explica aí Dr... CHUPA ESSA MANGA!!!

Insanidades a parte, estou muito bem obrigada!!! A minha pele e o meu cabelo que o digam (essa só a Adri vai entender..…

Frases do MSN!

Como havia prometido no post anterior, esse vai ser dedicado as frases dos meus contatos no msn... (e será atualizado sempre que aparecer mais alguma interessante!!)

* A verdade é relativa, escolha uma que te sirva... * Há males que vem para o bem, e há malas que vão pra Belém!!! (hahaha) * O tempo não se encarrega de matar desejos, apenas de substituir os personagens!!!  * Porque metade de mim é o que penso... Mas a outra metade é um vulcão... * Existem coisas que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida... * Prefiro meu mundo de faz de conta, do que esse mundo onde tudo é podre... (hahahahaha, esse é rebelde!) * Falo a língua dos loucos, por não entender a mórbida coerência dos lúcidos.. * Pedras no meu caminho??? Junto todas. Um dia construirei um castelo! * As pessoas não se tornam especiais pela maneira de ser ou agir, mas pela profundidade em que atingem nossos sentimentos! * Não entro mais no msn.Fui pro iraque,não sei se volto!!! (hahahahaha) …

Sucesso....

Ok, andei me inspirando...

Hoje vou falar a respeito da minha frase do msn (por favor, alguém me lembra que quero fazer um post só sobre as frases do meu msn, dos meus contatos...)... Continuando, a frase da semana (do meu msn) é: O tempo não se encarrega de matar desejos, apenas de substituir os personagens!!!

Ontem alguém me perguntou o que isso significava... Ué, significa o que está escrito, acho que dispensa comentários e interpretações...

Já perceberam que a vida toda temos os mesmos desejos? E quando eles não são supridos, vem a vida e muda os personagens, mas os desejos em si, são sempre os mesmos...

Os meus são os mesmos, desde que tinha uns 15 anos eu acho... Se me perguntares qual é o meu principal desejo, responderei: fazer sucesso!!! Em todas as áreas da minha vida... Sucesso não abrange somente vida profissional, pelo menos pra mim não... Sucesso, é recompensa de se fazer tudo com paixão, sempre fazer o melhor, pelo menos o melhor que esteja ao nosso alcance...

Eu faço sucess…

MULTIPOLAR...

Cheguei a conclusão de que sou um bicho triste, incompreendida até por mim mesma... hahahahahaha

Ando tão estável, que sinto saudades dos meus momentos de instabilidade.... Dá para entender???

Não né?!

Complicada... Eu sou assim mesmo... Não consigo achar um ponto que eu diga, é assim que eu quero ficar...

Quando estou instável, quero ficar estável, quero que meus pensamentos emudeçam e parem de gritar coisas que não quero ouvir.... E agora que finalmente encontro a estabilidade, fico com saudades dos momentos aéreos, das borboletas no estômago, das milhares de dúvidas e incertezas que me assolam nas minhas tão intensas crises existenciais...

Ok, eu confesso, preciso me apaixonar, com urgência, antes que eu esqueça qual é a sensação que só as paixões insandecidas proporcionam à gente...

Se bem que (pronto, já comecei a complicar), agora não seria a melhor hora, já que estou indo embora daqui alguns meses, a menos que eu conhece alguém fora da casa que nem eu, que topasse largar tudo e ir pr…

De volta!!!

De volta a realidade (nua e crua!!! hahahaha)....

Poderia passar mais uns 1000 dias em Floripa, nem ia me importar se chovesse 99% do tempo...

10 dias pra botar a cabeça no lugar, os pensamentos voltarem ao seu estado normal (surdos, cegos, mudos e paralíticos...)

Voltei vazia de coisas ruins, e cheia de planos e sonhos... Pra quem não sabe, em agosto estou me mudando pra lá... Onde, como e com quem, não interessa... Só interessa que eu vou... Quem apoiar ótimo, quem não apoiar nem venha pedir pouso no verão hahahahahaha...

O ruim de voltar, é que estou me arrastando, irritada, tudo aqui me irrita, não consigo parar de contar os dias que faltam pra eu deixar tudo aqui e começar do zero em outro lugar... Não me importo de ter que penar no início, só de saber que estou correndo atrás daquilo que acredito já me mantém firme nas minhas decisões....

Desde que resolvi ir morar em Floripa, escuto todo mundo dizendo: Ah, eu queria ir tb.... Meu, todo mundo quer, mas no fundo não tem coragem de lar…

Férias!!!

Cansada...
Estou cansada... E a semana ainda nem começou...
Quando tudo isso vai parar?
Quando meus pensamentos vão me deixar em paz?

Alguém pode dizer pro meu cérebro quem é que é o manda-chuva aqui?!
Falece cérebro... FALECE!!!!

Domingo é sempre um dia fudid*... Nunca gostei, desde pequena...
As vezes acho que estou enlouquecendo, perdendo minha identidade... Crises existenciais de 5 em 5 minutos... Aonde vou parar????

Por que é tão difícil dominar o que sentimos?
Meu post de hoje está cheio de perguntas, provavelmente todas elas não tenham respostas exatas, ou talvez simplesmente nem tenham respostas... Eu não estou conseguindo achar nenhuma... Nem uma luz no fim do túnel... Não consigo sossegar, e o sossego sempre foi o que mais busquei... Por que desta vez está tão difícil voltar ao início? Não quero mais ficar agoniada, quero descansar, quero poder olhar pro nada e só pensar no nada, e que nenhuma imagem apareça na minha cabeça, roubando meus breves minutos de tranqüilidade...

Morra o cul…

Boiando!!!

Boa tarde meus caros....

Andei sumida... O tempo anda curtíssimo, e não consigo sentar sozinha na frente do pc para escrever... PRECISO DE SILÊNCIO, COM URGÊNCIA....

Este post não é para ter nexo, já aviso... Só quero escrever... Desabafar... Falar daquilo que se passa ou não, dentro de mim... Tô cansada dessa vidinha mais ou menos... 4 meses me separam da minha nova vida... E estou riscando no calendário cada dia que passa... Só de pensar que estarei mudando de vida, deixando para trás as pessoas que me chateiam e começando do zero já fico feliz....

Tirando a correria de trabalho e a minha vida social agitada, o resto vai indo... Indo, simplesmente... Sem entrave algum, fluindo... Estou boiando no mar, esperando uma onda forte para ser levada ao raso novamente... Enquanto isso não acontece, aproveito a paisagem, o barulho da água, dos pássaros... Curto tudo ao meu redor...

Não estou me esforçando quase nada para entender o que se passa dentro de mim... Finjo que não entendo, me faço de l…